Brumado Notícias

Brumado Notícias

Resultado da busca pelo arquivo de "09/2016"

Clínica Luíza Feres: Desintoxique seu corpo e emagreça com saúde

01 Set 2016 - 08h30


Clínica Luíza Feres: Desintoxique seu corpo e emagreça com saúde

Agora você desintoxica seu organismo, emagrece de forma saudável e perde medida em menor tempo de tratamento. A alimentação balanceada da Praticook Brumado aliada aos tratamentos estéticos da Clínica Luiza Feres, você diminui a gordura localizada, celulite e a retenção de líquido. Ganhe mais qualidade de vida! Siga a Clínica Luiza Feres nas redes sociais e fique por dentro das promoções, serviços oferecidos e de todas as novidades. A clínica fica localizada na Rua Cassemiro Pinheiro Azevedo, 254. Os telefones são (77) 3441-3298 / (77) 99962-3010 / (77) 99997-3200. Luiza Soares Feres é especialista em Método 5S de Emagrecimento, Terapia Ortomolecular, Dermato Funcional, Peelings e Criolipólise.

Brumado: APLB deflagra greve e divulga carta aberta à sociedade criticando a atual gestão

01 Set 2016 - 08h00


Brumado: APLB deflagra greve e divulga carta aberta à sociedade criticando a atual gestão
Foto: Lay Amorim/Brumado Notícias

Em assembleia extraordinária realizada na última terça- feira (30), os trabalhadores em educação do município decidiram deflagrar greve por tempo indeterminado. As paralisações serão iniciadas na próxima segunda-feira (5). Em carta aberta à sociedade, a APLB-Sindicato disse que o prefeito Aguiberto Lima Dias (PDT) dificultou o entendimento entre a categoria e a gestão ao priorizar questões políticas. No documento, a categoria relata que, em 2015, o governo já havia descumprido acordos feitos. “Em janeiro de 2016, quando deveria reajustar os vencimentos com o mesmo índice de reajuste do piso salarial, que foi 11,36%, valendo desde janeiro, o mesmo [o prefeito] ignorou”, completou a APLB. O órgão salientou ainda que a atual gestão agiu com maldade com os professores, prolongando as negociações para que a categoria perdesse os prazos de acordo com a lei eleitoral. “Concordamos em não derrubar o VETO na Câmara e acordamos em aceitar receber o reajuste a partir de outubro para não impactarmos a folha da prefeitura e a mesma não cair no contraditório da LRF - Lei de Responsabilidade Fiscal - e, em contrapartida, o gestor promoveria a mesa final do Plano e aprovaria e enviaria projeto até o dia 25 deste mês corrente. Acordo escrito e assinado pelo prefeito e, PASMEM-SE, mais uma vez não foi honrado”, destacou o sindicato. Por fim, o órgão reiterou que sempre agiu de boa fé nas negociações, porém a gestão pública de Brumado desrespeita o Plano de Careira do Magistério e a Lei do piso.

MP recomenda suspensão imediata do programa de entrega de 700 cestas básicas em Brumado

01 Set 2016 - 07h00


MP recomenda suspensão imediata do programa de entrega de 700 cestas básicas em Brumado
Foto: Lay Amorim/Brumado Notícias

Após avaliação do procedimento preparatório eleitoral, instaurado pelo promotor público da 90ª Zona Eleitoral, Ruano Fernando, o Ministério Público Estadual (MPE) publicou a recomendação de suspensão imediata do programa Avante Sertanejo em Brumado. A recomendação foi direcionada ao prefeito Aguiberto Lima Dias (PDT), à Secretaria de Desenvolvimento Social e Cidadania e à empresa fornecedora dos produtos alimentícios, de higiene pessoal e de limpeza que são distribuídos em cestas básicas para as 700 famílias cadastradas no CadUnico e beneficiadas com o Avante Sertanejo. O programa foi considerado tendencioso por ter sido reativado às vésperas do pleito eleitoral. O prefeito havia suspendido o Avante Sertanejo no dia 5 de outubro de 2015 alegando contenção de gastos diante do recesso econômico e da crise financeira que a administração municipal atravessava. No entanto, o gestor reativou o programa com um custo de R$ 1,1 milhão no dia 1º de abril deste ano e, no dia 26 de julho, homologou a licitação para aquisição dos produtos distribuídos. A pena prevista é de reclusão de até quatro anos e pagamento de cinco a quinze dias de multas, caso a recomendação não seja acatada.

Maetinga perde quase 9 mil habitantes em 16 anos de acordo com levantamento do IBGE

01 Set 2016 - 00h00


Maetinga perde quase 9 mil habitantes em 16 anos de acordo com levantamento do IBGE
Foto: Reprodução/Youtube

De acordo com a nova estimativa populacional para este ano de 2016, divulgado na última terça-feira (30) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o município de Maetinga voltou a registrar perda populacional. Segundo apurou o site Brumado Notícias, em 2000, a população da pequena cidade no sudoeste baiano era de 13.686 pessoas, já em 2010, os dados coletados pelo senso demográfico apontaram 7.038 habitantes. Segundo o novo relatório, apenas 4.796 pessoas residem no município atualmente, ou seja, entre os anos de 2000 e 2016, a perca populacional foi de 8.890 pessoas. Dentre os fatores que corroboram para perda populacional da cidade estão a seca e a falta de emprego e renda, o que leva os populares a migrarem para outras cidades e estados em busca de emprego. Outro dado curioso é que nesse período de seis anos havia quase o dobro de mulheres em comparação aos de homens no município, o que é reforçado pelo fato de muitos pais deixarem seus lares em busca do sustento das famílias. No entanto, os números começam a se equilibrar, uma vez que, após conseguirem se firmar nas novas moradias, os homens levam também os demais membros das famílias. A situação provocou uma nova queda na população, afetando diretamente a arrecadação e a economia do município.