Brumado Notícias

Brumado Notícias

Brumado: Marizete e Marlúcio buscam impugnar mandatos de Aguiberto e Cristina

30 Jul 2013 - 18h15


Brumado: Marizete e Marlúcio buscam impugnar mandatos de Aguiberto e Cristina
População espera que a queda de braço não atrapalhe o progresso e o desenvolvimento da cidade. (Foto: Lay Amorim/Brumado Notícias).

Demonstrando insatisfação com o resultado das eleições municipais de 2012, a candidata derrotada, Marizete Pereira (PT) e seu vice, o médico Marlúcio Abreu (PP) protocolaram na 90ª Zona Eleitoral de Brumado, uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) contra o prefeito eleito Aguiberto Lima Dias (PSL) e sua vice Cristina Gondim (PSDB). De acordo com a Constituição Federal, o objetivo de uma ação eleitoral como essa é impugnar o mandato obtido com abuso de poder econômico, corrupção ou fraude. Para justificar esse pedido e os possíveis abusos cometidos, os impugnantes utilizaram os dados de outros processos que correm contra Aguiberto, na justiça eleitoral. Pereira e Abreu protocolaram a ação dois dias após o prefeito e a vice assumirem o comando do município. E foi nesta terça-feira (30) a primeira audiência da AIME, de instrução e julgamento, realizada no Fórum Dr. Duarte Moniz pelo Juiz Genivaldo Alves Guimarães. 

Brumado: Marizete e Marlúcio buscam impugnar mandatos de Aguiberto e Cristina
O processo de Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (AIME) segue em segredo de justiça. (Foto: Reprodução/TSE).

Mas, conforme os termos do artigo 14, § 11, da Constituição Federal, a tramitação da AIME é sigilosa - mesmo o julgamento sendo público, o andamento do processo é segredo de justiça. Caso a ação seja acatada pela Justiça Eleitoral de Brumado e os mandatos dos gestores brumadenses sejam impugnados, a decisão tem eficácia imediata, não sendo necessário aguardar recurso no Tribunal Superior Eleitoral (TSE) - ou seja, os dois perdem os cargos imediatamente, segundo informações do site da Justiça Eleitoral, mas depende do entendimento do juiz eleitoral de Brumado. Por consequência, os votos dados a Aguiberto e Cristina serão considerados nulos. Se o número de eleitores que votaram neles superar a metade do total de votos obtidos nas eleições majoritárias, novas eleições devem ser realizadas. Vale lembrar que o prefeito e a vice receberam 53,88% dos 35.985 votos válidos, e Marizete e Marlúcio tiveram 44,14%. Por mais que os dados da AIME sejam com base nos mesmos fatos das outras ações contra o prefeito e a vice, esse julgamento não se refere às três Ações de Investigação Judicial Eleitoral (AIJE) que estão sendo analisadas pela justiça.

Comentários
31 Jul 2013
Eduardo Mendes
Já perdeu nas urnas agora que perder na justiça. Marizete ainda não aprendeu.
31 Jul 2013
Neide
Será possível que a candidata derrotada Marizete Pereira não toma consciência que os brumadenses não querem o seu grupo comandando na prefeitura da cidade. Elegemos Aguiberto e queremos a conclusão do seu mandato.
31 Jul 2013
Diego Vieira
Esse grupo político não consegue entender que o povo escolheu Aguiberto como representante e tentam mudar a vontade popular através da justiça eleitoral. Pensem num seguinte se eles se candidatam de novo e outro da chapa de Aguiberto candidata e ganha eles vão dizer o que? Vão fazer a mesma coisa? É agora que o homem tá trabalhando vem ela querendo atrapalhar de novo como na época fez com Eduardo, mas fiquem tranquilos que Deus é justo e ele vai decidir em favor de Brumado.
31 Jul 2013
Elian Almeida
Marizete sempre agindo da mesma forma: chorando o leite derramado. Temos que aprender ganhar e perder, mas para isso Deus nos dar força que precisamos. Infelizmente com essas perseguições quem acaba perdendo somos nós brumadenses. Sempre ocorreu muitas perdas nesse sentido para a cidade de Brumado. Independente de quem for o candidato se não podemos ou queremos ajudar, também não podemos atrapalhar.
31 Jul 2013
Lázaro Santos
Antes de defender Aguiberto e Marizete temos que pensar no povo, pois até agora não vejo nada de melhorias em Brumado nesses últimos anos. A cada ano a criminalidade aumenta, a saúde está um caos, os profissionais da educação com seus salários desfaçados e a prefeitura entupida com profissionais com cargos comissionados e contratados tirando a vaga dos concursados que até hoje não foram nomeados. Independente de A ou B serem cassados eles tem que pensar mais no povo.
30 Jul 2013
Marcelo Carvalho
Marizete, deixe o homem trabalhar! É melhor do que você em todas as eleições que perde ficar atrapalhando. Desconfia, pois o seu tempo já passou. Aguiberto tem tudo para fazer um bom governo, pois já iniciou bem o seu mandato.
30 Jul 2013
Moises Vieira Costa
Fico indignado com esse acontecimento, que o PT não aceita perde é normal, mas a Dona Marizete deveria aceitar a derrota dela nas urnas e procurar se eleger a Deputada isto é, se ela tem eleitores para isso, estive em Brumado no mês de junho/13 e vi a população brumadense contente com administração do prefeito Aguiberto, até mesmo cabo eleitoral do PT estava elogiando a administração. Porque não deixa o prefeito trabalhar, porque ela não cuida de moralizar o Brasil brigando contra os mensaleiros do PT e de outros partidos. Essa derrotada fica procurando chifre na cabeça de cavalo. Lamentável o que ocorre com a politica brumadense, vamos nos unir, vamos às ruas!