Brumado Notícias

Brumado Notícias

Garoto com doença rara é internado por falta de remédio de R$ 600 mil

31 Jul 2016 - 09h00


Garoto com doença rara é internado por falta de remédio de R$ 600 mil
Foto: Elcimar Badu

Um menino de sete anos que tem deficiência de proteína C foi internado nesta sexta-feira (29) na emergência de um hospital particular em Salvador, após o medicamento importado que utiliza contra a rara doença hematológica, que custa R$ 600 mil e é fornecido pela Secretaria de Saúde da Bahia (Sesab) por ordem judicial, se esgotar. A informação foi dada ao G1 pelo pai da criança, o estilista baiano Elcimar Badu. O pai afirma que o estoque do medicamento “Ceprotin”, usado semanalmente pelo filho, acabou na segunda-feira (25) e não foi reposto pelo governo do estado no hospital onde o menino costuma tomar as doses. Sem o remédio, conforme o pai, começaram a surgir hematomas no corpo do filho e o menino sente dores. Elcimar diz que já teve o filho com o mesmo problema que morreu em consequência da doença. “Faz 16 anos que isso aconteceu. Ele era recém-nascido, tinha 12 dias de vida. Teve hematomas no corpo todo e morreu”, destaca. Para garantir o tratamento do segundo filho, Elcimar Badu afirma que entrou na Justiça para obrigar o estado da Bahia a pagar o medicamento da criança de sete anos. O pai disse que conseguiu a ordem judicial após ação da Defensoria Pública. O remédio é importado do Canadá.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.