Brumado Notícias

Brumado Notícias

Contas do governo têm seu maior rombo para julho desde 1997

31 Ago 2016 - 15h00


Contas do governo têm seu maior rombo para julho desde 1997
Foto: Marcelo Sayão/Veja

Com a atividade econômica e o pagamento de tributos em queda, o governo central registrou em julho um resultado deficitário de 18,55 bilhões de reais, o pior desempenho para meses de julho da série histórica, que teve início em 1997. O resultado reúne as contas de Tesouro Nacional, Previdência Social e Banco Central. Com isso, o resultado primário nos primeiros sete meses do ano foi deficitário em 51,07 bilhões de reais, também o pior desempenho desde o início da série. No mesmo período do ano passado, o primário acumulava déficit de 8,90 bilhões de reais. De acordo com a Veja, em 12 meses até julho, o governo central apresenta déficit de 163,34 bilhões de reais, o equivalente a 2,59% do Produto Interno Bruto (PIB). O rombo fiscal deve seguir crescendo até o fim de 2016, já que a meta do governo central para este ano admite um déficit de até 170,5 bilhões de reais.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.