Brumado Notícias

Brumado Notícias

Polícia Federal pede que Palocci fique preso por prazo indeterminado

30 Set 2016 - 15h30


Polícia Federal pede que Palocci fique preso por prazo indeterminado
Foto: Rodolfo Buhrer/Reuters

A Polícia Federal pediu a prisão preventiva do ex-ministro Antonio Palocci, investigado na Operação Lava Jato sob suspeita de pedir e coordenar pagamentos de propina ao PT. Palocci foi preso temporariamente na última segunda (26), e sua prisão vence nesta sexta (30). Cabe ao juiz Sergio Moro definir se acata ou não o pedido da polícia, após ouvir o Ministério Público Federal. Em ofício enviado à Justiça na noite desta quinta (29), o delegado Filipe Pace afirma que novas provas foram colhidas durante a investigação, e demonstram que Palocci era o “italiano” mencionado em planilhas e e-mails de executivos da Odebrecht.  O ex-ministro nega irregularidades e diz não ser o “italiano”, nem nunca ter interferido em favor da empreiteira, conforme acusa a PF.

Comentários

Nenhum comentário, seja o primeiro a enviar.