Brumado Notícias

Brumado Notícias

Brumado: Sindicato dos Servidores Públicos otimista com negociações com a administração

30 Abr 2013 - 17h04


Brumado: Sindicato dos Servidores Públicos otimista com negociações com a administração
A presidente Conceição Machado disse que o sindicato está reivindicado 24.97% para os professores e de 24.5% para os demais servidores. (Foto: Lay Amorim/Brumado Notícias).

As negociações salariais dos professores e servidores públicos municipais em Brumado estão em andamento. Em entrevista ao Brumado Notícias nesta terça-feira (30), a presidente do Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Brumado (Sindsemb), Conceição Machado, falou sobre as reivindicações da categoria e quais os avanços das negociações. A presidente relatou que na pauta de reivindicações está as perdas do ano passado, período que não houve reajuste para os servidores. Para os professores, o sindicato está reivindicado 24.97% a fim de que haja um alinhamento com a Lei do Piso Nacional. A administração está realizando o levantamento de dados de despesas com folha para que seja feita uma avaliação no início de maio. Entre as solicitações do Sindicato junto ao administrativo municipal, também entrou o pedido de cumprimento da Lei do Fundeb, que versa sobre o reajuste salarial dos professores de acordo com a data base para janeiro e demais servidores públicos, cuja data base teria de ser para março, que é o mês viável de negociação. Além disso, a categoria tratou com o prefeito Aguiberto Lima Dias (PSL) acerca da reestruturação dos estatutos do magistério e dos servidores públicos. Machado avaliou que só faltam os representantes dos dois grupos para se fechar a comissão e formar as partes técnicas e jurídicas para ser encaminhada ao prefeito. “A nossa negociação está caminhando dentro do previsto. Tivemos três reuniões com o prefeito em que apresentamos os resultados de uma assembleia com os servidores municipais. O gestor se colocou à disposição do Sindicato para buscar o que for de melhor para os servidores públicos”, concluiu Conceição Machado.

Comentários
01 Mai 2013
Osmarlene Moura
Sou professora do município, mas também estou na mesma linha de São Tomé, só acredito, vendo, portanto estou na torcida rumo à luta de valorização do profissional de educação e no cumprimento da Lei do Piso Nacional.